Diário da Manhã

segunda, 27 de junho de 2022

Notícias

Usuárias e voluntárias da Aapecan Pelotas terão acesso a carteira de artesã

Usuárias e voluntárias da Aapecan Pelotas terão acesso a carteira de artesã
15 junho
10:27 2022

Uma parceria entre a Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (Fgtas/Sine) de Pelotas e a Aapecan, vai proporcionar as usuárias e voluntárias das oficinas de feltro, croché e customização, a oportunidade de ter a carteira de artesã, através do Programa Gaúcho de Artesanato. O documento regularizada aqueles que quiserem ter uma renda extra com seu trabalho, permitindo a emissão de nota e a participação em feiras e eventos oficias do Município e ou Estado, como por exemplo, a Fenadoce, dentre outros benefícios. A equipe da Fundação esteve na Unidade para conversar e e xplicar o processo as interessadas (foto).

O primeiro passo foi dado com a visita do coordenador do Fgtas/Sine de Pelotas, Glauber Bürkle, a instituição. Na oportunidade Bürkle conheceu a estrutura da Associação, e colocou-se à disposição para ações em conjunto. Surgiu então a ideia da valorização de quem participa das oficinas de artesanato, visto que a Fundação já tem um trabalho consolidado com as artesãs de Pelotas e região sul. O segundo passo, foi a reunião onde a avaliadora do Programa Gaúcho de Artesanato (PGA), Cleusa Lopes, explicou e orientou o grupo sobre o processo para ter a carteira. No próximo encontro a artes&atil de;s serão avaliadas, elas terão de apresentar um trabalho pronto e terminar outro frente as avaliadoras, a partir da aprovação será necessário a apresentação de uma série de documentos para confecção da carteira.
Usuária da Aapecan há sete anos, Tania Maria Lima, aprovou a iniciativa e se sentiu valorizada. “Achei muito interessante, eu como gosto de fazer artesanato acho que só vai somar, me senti importante com a possibilidade de ter a carteirinha de artesã”. A oficineira Ana Raquel Santos ressaltou a segurança que o documento irá trazer. “A carteira nos dá segurança e fará diferença na apresentação do meu trabalho para venda”, disse a voluntária.

O coordenador do Fgstas/Sine, destacou que além do fator financeiro, artesanato também pode auxiliar no tratamento oncológico “Além de ser uma alternativa de renda extra ou até principal, o artesanato também é uma terapia, nesse momento de fragilidade durante tratamento o artesanato é uma forma do usuário e até do seu acompanhante se ocupar”, falou Glauber. “É uma satisfação para Fundação poder ajudar uma instituição que faz um trabalho tão importante como a Aapecan, só temos que comemorar e parabenizar a Associação”, finalizou.

A carteira do artesão é um documento emitido pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social, através do Programa Gaúcho do Artesanato, que identifica o profissional devidamente registrado e reconhecido pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Além da possibilidade de emitir nota fiscal e participar de exposições e feiras, o documento proporciona outras vantagens como; direito a contribuir para Previdência Social, isenção de ICMS, comprovante de renda, acesso a crédito e apoia à comercialização.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções