Diário da Manhã

segunda, 17 de janeiro de 2022

Notícias

UTI Neonatal do Hospital Escola é inaugurada

21 setembro
10:50 2013

O Hospital Escola (HE) da UFPel inaugurou na tarde desta quinta-feira (19) a nova estrutura da UTI Neonatal, que atenderá as políticas da Rede Cegonha, Programa do Governo Federal que visa garantir atendimento de qualidade a todas as brasileiras pelo Sistema Único de Saúde (SUS), desde a confirmação da gestação até os dois primeiros anos de vida do bebê.

O governador do Estado, Tarso Genro, que estaria presente na inauguração, não compareceu devido a uma mudança em sua agenda. Representou o governador, o chefe de gabinete da Secretaria Estadual da Saúde, Fábio Rolim Medeiros, juntamente com o diretor do Departamento de Coordenação das Regionais (DCR), Márcio Slaviero, o assessor do DCR, Tobias Velho, e o coordenador da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde (3ª CRS), Milton Martins. A secretária de Saúde de Pelotas, Arita Bergmann, também participou da inauguração.

UTI Neonatal Hospital Escola 04Atualmente, a UTI Infantil do HE está habilitada como mista e conta com seis leitos neonatais e três pediátricos. Considerando a normatização da ANVISA que impede o funcionamento de unidades mistas, há três meses, a gestão do HE passou a trabalhar na readequação da UTI para atender a legislação e passar a atuar como UTI nível II, atendendo exclusivamente como neonatal com dez leitos.

Os investimentos de infraestrutura no espaço foram realizados com recursos próprios da UFPel (cerca de 60 mil reais), contemplando melhorias como a troca de pisos, reforma de sanitários, pintura, adequação de rede elétrica e de gases medicinais e climatização. Já os novos equipamentos, foram adquiridos através do REHUF, com destaque para um carro de emergência com desfibrilador, respiradores para todos os leitos, monitores multiparamétricos, fototerapias super led, incubadoras com balança, oximetria, controle de oxigênio e umidade no interior do equipamento.

A UTI está em pleno funcionamento, ainda com característica mista e após autorização da Secretaria Municipal da Saúde passará a atender somente neonatologia com dez leitos no total.

De acordo com a médica chefe da UTI Infantil, Maria Amália Saveda, 50% dos óbitos infantis ocorrem na primeira semana de vida. Neste cenário, a readequação da UTI do HE torna-se importante na diminuição da mortalidade infantil na região que, atualmente, tem o maior índice do Estado.

UTI Neonatal Hospital Escola 02

A diretora do HE, Julieta Fripp, destacou que em 2013 foi necessário transferir 12 bebês para UTIs de outras cidades. “Os quatro novos leitos de UTI neonatal, em conjunto com outras iniciativas da gestão, irão melhorar consideravelmente o atendimento na região”, disse.

O diretor do DCR, Márcio Slaviero destacou a importância dos novos leitos para a região e afirmou que as melhorias e demandas citadas durante a visita serão repassadas para o governador Tarso Genro.

A secretária de Saúde de Pelotas, Arita Bergmann, agendou uma reunião para acertar a transição da UTI Infantil para UTI Neonatal sem comprometer o atendimento pediátrico. Segundo a secretária, nesta época os atendimentos pediátricos tendem a diminuir o que coincidirá com a conclusão das obras da UTI Infantil do Hospital Universitário São Francisco de Paula, que atenderá a demanda pediátrica.

Rede Cegonha

Dentro do processo de readequação para atender a pleno as políticas da Rede Cegonha outras ações estão sendo desenvolvidas:

– Adequação do setor de obstetrícia intra-hospitalar: o setor possui porta aberta às gestantes do município e da região, principalmente para situações de alto risco. Já foram realizadas adequações com ampliação do número de leitos, passando para 20 leitos de alto risco;

– Casa da Gestante e Centro de Parto Normal: em conformidade com a Portaria GM 1020 maio 2013, o HE esta elaborando projeto para habilitar a Casa da Gestante, Bebê e Puérpera (CGBP) para 20 gestantes, onde será agregado o Centro de Parto Normal Peri-Hospitalar;

– Mãe Canguru – projeto em andamento para habilitação;

– Hospital Amigo da Criança – a gestão está diagnosticando todas as necessidades para o HE receber a certificação de Hospital Amigo da Criança, conforme portaria n°80 GM, fevereiro 2011.
Em breve, serão iniciadas as obras do novo Hospital Universitário 100% SUS, que contará com cerca de 500 leitos, Pronto Socorro Regional e Centro Regional de Oncologia, resultando em maior oferta de serviços aos usuários de toda a região sul do Estado, com a garantia da universalidade, integralidade e equidade nas políticas de gestão.

Muito além do atendimento

UTI Neonatal Hospital Escola 03Refletindo o trabalho de humanização no atendimento do HE e demonstrando o carinho e gratidão dos pacientes, a UTI Infantil do Hospital Escola coleciona fotos e lembranças de seus pacientes. Muitos retornam depois de anos para agradecer a dedicação da equipe e deixam sua foto no mural.

Com um caso recente, foi possível identificar a troca de carinho entre a família e a equipe. Foi o caso da mãe Bianca Morales, natural de Dom Pedrito. A mãe, que possui parentes em Santana do Livramento, foi viajou para a cidade no final de junho para fazer o chá de bebê das gêmeas Eduarda e Manuela junto à família.

Na véspera do chá, no dia 29 de junho, precisou fazer o parto às pressas. Eduarda foi a primeira a nascer com apenas 680 gramas e Manuela nasceu com 1,8 kg. No mesmo dia, as gêmeas foram transferidas para os leitos neonatais do Hospital Escola. Manuela não resistiu. Eduarda passa bem e já foi transferida para a Unidade de Tratamento Semi-Intensiva.

A mãe vibra com a evolução da menina. “Ela já está com 1,5 kg, logo vamos para o quarto”, comemora. Ao encontrar a médica chefe da UTI, Maria Amália, no corredor, Bianca a abraça e se emociona agradecendo a dedicação da equipe. “Também quero mandar uma foto da Eduarda para compor o mural”, finaliza.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções