Diário da Manhã

quarta, 01 de dezembro de 2021

Notícias

Vacinação da dose de reforço ocorre no Centro de Eventos na quinta-feira

Vacinação da dose de reforço ocorre no Centro de Eventos na quinta-feira
24 novembro
11:05 2021

Pessoas imunossuprimidas e idosos com 60 anos ou mais, que se enquadram nos requisitos, terão mais uma oportunidade de receberem a dose de reforço contra a Covid-19

Idosos com 60 anos ou mais, que receberam a segunda dose da vacina há pelo menos cinco meses, poderão comparecer ao próximo drive-thru no Centro de Eventos, na quinta-feira (25), para completarem a imunização contra a Covid-19 com a dose de reforço (terceira dose). O mesmo vale para pessoas imunossuprimidas, que receberam a segunda dose há 28 dias ou mais. A ação ocorrerá das 9 às 17h, com entrada pela avenida Pinheiro Machado.

Confira a programação

Drive-thru – Centro de Eventos das 9 às 17h

– Quinta-feira (25) – 3ª dose para idosos com 60 anos ou mais, que tenham completado cinco meses da 2ª dose e imunossuprimidos que tenham tomado a 2ª dose há 28 dias ou mais.

Documentação necessária

Para idosos com 60 anos ou mais:

– documento de identidade; e,

– comprovante de vacinação para comprovar as duas doses ou esquema vacinal completo, com cinco meses de intervalo desde a última aplicação.

Para pessoas imunossuprimidas:

– documento de identidade;

– Carteira de Vacinação; e

– novo atestado padrão, confeccionado pela Prefeitura, que está disponível no site do coronavírus.

SMS informa

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) esclarece que, como regra geral, todas as vacinas recomendadas no Calendário Nacional de Vacinação podem ser aplicadas no mesmo dia. Sendo assim, não é mais preciso aguardar o intervalo mínimo de 14 dias entre a aplicação do imunizante contra a Covid-19 e qualquer outro do calendário.

Importante relembrar que continua a orientação às pessoas que apresentarem sintomas gripais de não comparecer na data marcada. O mesmo vale para quem tiver positivado para o coronavírus. É necessário aguardar 30 dias do início dos sintomas para receber a aplicação.

As pessoas que fazem uso da imunoglobulina humana devem se vacinar com, pelo menos, um mês de intervalo para evitar interferência na resposta imunológica.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções