Diário da Manhã

terça, 15 de junho de 2021

Notícias

Vereadores querem negociar decisão de mudança de local da Feira do Livro

01 outubro
15:16 2013

Vereadores Feira do LivroIntegrantes da Câmara Pelotense do Livro, entidade responsável pela realização da Feira do Livro de Pelotas, a ocorrer entre 31 de outubro e 17 de novembro de 2013, foram até o gabinete do vereador Marcus Cunha (PDT) para pedir apoio para que o evento seja realizado conforme o layout dos anos anteriores. O vereador pediu a suspensão momentânea da sessão da manhã desta terça-feira (01/10) para que os vereadores recebessem a comissão, que estaria reivindicando os ajustes feitos pela Prefeitura Municipal de Pelotas.

De acordo com a presidente da Câmara Pelotense do Livro e organizadora dos expositores da feira, Izabel Zschornack, a comissão de organização não é contrária a mudanças, mas é necessário um tempo para planejamento. “Nós estamos reivindicando retorno para o mesmo local dos anos anteriores”, enfatizou ela.

Os livreiros não concordam com a proposta do novo layout e entregaram um abaixo assinado solicitando o apoio da Câmara de Vereadores, explicando os motivos pelos quais são contra a mudança neste ano. A presidente da Câmara Pelotense do Livro disse ainda que muitos expositores já desistiram de participar devido a mudança sem planejamento adequado.

O novo layout, apresentado pela Secretaria de Cultura do município, retira os expositores da volta do Chafariz da Praça Coronel Pedro Osório e os organiza sobre o leito da rua à volta da Praça, em um “L” que vai da Rua 15 de Novembro  até a rua Lobo da Costa. Os participantes também estão preocupados com o trafego de veículos que não será suspenso, o que pode ocasionar um risco.

Além disso, a proposta da secretaria visa em dispor de atividades culturais nos casarões, o que, segundo a organizadora da feira, Theia Bender, descaracteriza a proposta de que a feira não possui restrições de públicos, já que o evento já possui um espaço para atividades culturais, das quais não possuem portas, nem catracas, caracterizando um espaço aberto para todos aqueles que caminham pelo centro da cidade.

A proposta da Câmara Pelotense do Livro, que pede que o layout da Feira mantenha-se até que haja a restauração da Praça, teve o apoio de quase todos os vereadores da Câmara. Durante a reunião ficou decidido que seria marcada uma reunião com a prefeitura para que sejam renegociadas as reivindicações.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções