Diário da Manhã

sexta, 21 de setembro de 2018

Notícias

 Mais recentes

Banco de Oportunidades no combate à vulnerabilidade social

Banco de Oportunidades no combate à vulnerabilidade social
12 março
08:41 2018

Captação de vagas no Jovem Aprendiz desponta como estratégia de prevenção à violência

Cresce a cada dia a percepção do potencial que o setor privado tem em mãos para prevenir a violência com a abertura de postos de trabalho. Mas, engana-se quem pensa que somente os adolescentes inseridos no mercado são os beneficiados. O impacto da oferta de uma única vaga como Jovem Aprendiz é amplo. Mexe com expectativas em uma fase decisiva. Influencia mudanças em ambientes familiares, propõe novas trajetórias e atinge toda a sociedade.

Desde a implantação do Pacto Pelotas pela Paz, a captação de vagas pelo Banco de Oportunidades assumiu posição estratégica na Prevenção Social da violência ao buscar no empresariado o apoio para oferecer atividades para reduzir a vulnerabilidade juvenil. Até agora, mais de 140 vagas foram captadas para oficinas de poesia, teatro, fotografia, esporte, cursos profissionalizantes e empregos.

O Jovem Aprendiz encaixa-se perfeitamente neste campo ao ajudar o empregador a ampliar as chances de encontrar profissionais dispostos a se tornarem referência nos setores. Os estudantes encontram a forma de começar a vida profissional.

EMPRESAS parceiras oferecem vagas no mercado de trabalho

EMPRESAS parceiras oferecem vagas no mercado de trabalho

VAREJO RECONHECE POTENCIAL

O gerente da loja Obino, Ronaldo Firmo, é um dos empregadores que aceitou o desafio e descobriu um nicho promissor de interessados com comprometimento acima da média.

“Vejo mais potencial no Jovem Aprendiz do que naquele candidato que vem com experiência. Nos iniciantes, vejo a força de querer ajudar a família, de mudar de vida”, aponta.

Dos sete jovens que passaram pela loja através do programa, quatro foram efetivados em funções como estoque, caixa e vendas, o que comprova o acerto na escolha deste tipo de mão de obra, que na maioria dos casos, agrega pessoas diferenciadas à equipe.“Mesmo com a inexperiência, ele traz uma história de vida com uma grande força de vontade. Para aquela turma que está acomodada, exemplos como esse jovem mostram que é possível dar mais”, completa Ronaldo.

Na loja Pompéia, a gerente Marizete dos Santos Moreira se sensibilizou com o viés social do Pacto e encontrou nele a segurança para contrapor as barreiras do preconceito e o receio de acolher aprendizes em situação de vulnerabilidade.

“Não adianta só reclamar, dizer que a sociedade está cada vez pior. Achei que no momento no qual eu tivesse um meio de dar uma oportunidade para alguém da periferia eu deveria aceitar e foi quando pensei porque não?”, destaca.

PROGRESSO EVIDENTE

Entre os benefícios que o varejo pode proporcionar estão o aprendizado de como lidar com público, o convívio em um ambiente de trabalho, senso de responsabilidade e a expectativa da efetivação em um emprego formal. Os progressos podem ser alcançados em pouco tempo e podem ser sentidos claramente na melhora da desenvoltura, desinibição e até dicção, ganhos importantes na preparação para entrevistas e trabalhos futuros.

A gerente da loja Gang, Aline Leidens, também integra o time de parceiros do Banco de Oportunidades, e assim como Ronaldo e Marizete, aceitou o convite ao engajamento.“A Gang tem a característica de ser o primeiro emprego. Ao invés de nós estarmos ajudando o Pacto, foi a proposta dele que se encaixou com a nossa”, afirma.

Banco de Oportunidades 03TRABALHO INTEGRADO

Orientadores educacionais associam a perspectiva de conseguir um trabalho com a melhoria da frequência escolar e da motivação em sala de aula. Atingir este objetivo é um dos assuntos que permeia as reuniões do Cada Jovem Conta, programa de prevenção social do Pacto que identifica nas escolas os adolescentes em situação de vulnerabilidade e os envolve em serviços públicos de saúde, assistência social e educação e desporto para impedir a evasão escolar.

Em encontros quinzenais, a equipe multidisciplinar estuda individualmente cada estudante acolhido e a partir de um diagnóstico de rede descobre quais são suas necessidades e interesses. Os cuidados abrangem o preparo prévio dos estudantes com a disponibilização de atendimento psicológico e de nutricionista, por exemplo.A rede também oferece ao estudante vagas em oficinas, cursos e práticas de esporte que sejam de seu interesse pelo Banco de Oportunidades. O que faz de instituições de ensino, grupos esportivos e entidades não governamentais outro grupo de potenciais parceiros para aumentar as opções do Banco. “Tudo depende do interesse deles, por isso temos essa conversa aberta na qual perguntamos se querem concorrer a uma vaga de emprego ou entrar em um curso profissionalizante, por exemplo”, diz a coordenadora do programa, Aline Crochemore.

O responsável pela captação de vagas para Banco de Oportunidades Pablo Salomão, reforça a importância que apenas um posto aberto é capaz de significar. “As pessoas não imaginam o poder que tem em mãos, por isso mesmo sendo um trabalho formiguinha, cada vaga aberta tem um significado enorme para o Pacto”, frisa.

SEJA UM PARCEIRO

Interessados em ofertar vagas em parceria com o Pacto Pelotas pela Paz podem entrar em contato pelo e-mail bco.oportunidades@gmail.com.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções