Diário da Manhã

domingo, 20 de setembro de 2020

Notícias

Cancelamento de show gera tumulto, quebra-quebra e vandalismo na madrugada

Cancelamento de show gera tumulto, quebra-quebra e vandalismo na madrugada
23 junho
09:26 2014

Este foi o resultado do show do Mc Guime ontem à noite em Pelotas.

O show foi cancelado pois o artista alega que não recebeu todo o cachê combinado.

O cancelamento da apresentação que o cantor MC Guimê – que ficou conhecido pelo funk ostentação e pela música de abertura de novela da Globo, que faz referência ao Brasil como país do futebol – faria no Clube Brilhante na tarde de domingo para cerca de 1,5 mil pessoas, gerou a revolta de alguns fãs, que provocaram um verdadeiro quebra-quebra no Clube e atos de vandalismo, além de um carro incendiado. Cinco pessoas suspeitas de envolvimento no tumulto foram detidas e levadas para prestarem depoimento na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento.

Os prejuízos dentro clube ultrapassam R$ 10 mil. Foram arrombados armários e quebradas as cadeiras. As vidraças foram todas quebradas a pedradas. Três pessoas se feriram com os estilhaços dos vidros.  A Pampa de placas IAZ-5556, de propriedade do auxiliar de copa, que estava estacionada na Rua Pinto Martins, foi incendiada pelos vândalos e explodiu na frente dos portões do Clube. A depredação incluiu também a destruição de placas de trânsito que foram arrancadas e arremessadas para dentro do salão. Uma Kombi do Clube também foi danificada.

Destruição no interior do clube Brilhante também foi grande

Destruição no interior do clube Brilhante também foi grande

A revolta de alguns fãs iniciou dentro do salão quando por volta das 23h30min a multidão foi informada que não haveria o show. A Brigada Militar foi acionada, tendo que deslocar todo o efetivo de plantão, além dos policiais do Pelotão de Operações Especiais. Os Bombeiros também foram chamados. Tiros para o alto foram disparados para dispersar a multidão. As pessoas ainda presentes do salão foram deslocadas para a quadra de esportes. A situação só foi controlada por volta da 1h. O caso está sendo investigado pela 2ª Delegacia de Polícia, que instaurou um inquérito policial para apurar o caso.

O artista contratado pela DM Produções se negou a fazer a apresentação devido a não ter recebido todo o cachê combinado. O show havia sido contratado pelo valor de R$ 40 mil, mas faltaram R$ 15 mil, que o produtor alegou não ter por ter sido assaltado. MC Guimê esteve em Pelotas e atendeu alguns fãs no hotel, mas foi embora após verificar que o som não estava conforme o combinado no contrato, bem como por não ter recebido o restante do cachê. O Clube Brilhante alugou os salões por R$ 9 mil e recebeu menos da metade do valor. A direção acionou o Departamento Jurídico para providenciar o ressarcimento dos prejuízos.

CARRO incendiado por vândalos era de um funcionário  Fotos de Alisson Assumpção/DM

CARRO incendiado por vândalos era de um funcionário
Fotos de Alisson Assumpção/DM

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções