Diário da Manhã

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Notícias

 Mais recentes

Paulo Porto de volta ao Lobo

09 fevereiro
09:07 2018

Direção do clube confirma contratação do treinador para ocupar vaga aberta pela saída de Thiago Gomes

O Pelotas agiu rápido para ocupar a vaga aberta pela saída de Thiago Gomes, que foi contratado pelo Grêmio para treinar a equipe de transição e para fazer parte da comissão técnica permanente do clube. Na manhã desta quinta-feira, a diretoria acertou o retorno de Paulo Porto, 66 anos, que terá a missão de comandar a equipe áureo-cerúlea na Divisão de Acesso. Ele se apresentado oficialmente na segunda-feira na Boca do Lobo.

A saída de Thiago pegou a diretoria do Pelotas de surpresa – até porque a proposta do Grêmio chegou ao treinador na tarde de quarta-feira. Depois do jogo-treino em Rio Grande, a diretoria se reuniu para começar a tratar da contratação do novo técnico. O acerto com Paulo Porto foi facilitado já que ele estava sem clube desde o primeiro semestre do ano passado, quando saiu do Passo Fundo.

O grupo do Pelotas está pronto para começar a Divisão de Acesso. A escolha de Paulo Porto, segundo o diretor executivo de futebol Rafael Farias, se justifica porque o treinador tem o perfil adequado para comandar esse elenco. “Temos certeza que o Paulo será muito bem recebido pelo grupo e vai dar sua contribuição com experiência e competência. É um treinador com histórico vencedor dentro do Pelotas”, afirma.

Paulo Porto vai assistir ao amistoso de sábado diante do Avenida em Santa Cruz do Sul. A equipe será comandada nessa partida pelo auxiliar Felipe Müller. Na segunda-feira, ele estará na Boca do Lobo para começar seu trabalho. Terá três semanas para armar a equipe de acordo com suas convicções visando à estreia na Divisão de Acesso, que será no dia 4 de março, diante do Lajeadense, em Lajeado.

Os dois treinadores (o que saiu e o que está chegando) podem se encontrar num raro processo de transição em time de futebol.

Porto comandou o time do Pelotas que ganhou três títulos em 2013 Foto: Arquivo/DM

Porto comandou o time do Pelotas que ganhou três títulos em 2013
Foto: Arquivo/DM

Três títulos e quatro finais

É a terceira vez que Paulo Porto irá treinar o Pelotas. Na Boca do Lobo, o técnico conquistou três títulos em quatro finais. Um retrospecto que recomenda seu retorno ao clube. Apesar da experiência acumulada numa carreira de 20 anos, ele garante que está motivado para assumir mais um desafio. “Minha vontade é muito grande. Muita vontade de trabalhar e levar o Pelotas de volta à primeira divisão”, afirma.

Paulo Porto foi o comandante do time do Pelotas na conquista da tríplice coroa em 2013: títulos das copas Sul/Fronteira, Supercopa Gaúcha e Recopa. Entre suas façanhas está a vitória de 3 a 0 no Bra-Pel realizado no dia 26 de setembro daquele ano no Bento Freitas. Quando a equipe começou a despencar no Gauchão da temporada seguinte, que culminou com o rebaixamento, Porto deixou a Boca do Lobo. Seu prestígio seguiu inabalado.

O retorno se deu em 2015, assumindo a equipe durante a Divisão de Acesso. Não foi possível completar a tarefa de recolocar o clube na elite do futebol gaúcho. No segundo semestre, Paulo Porto levou o Pelotas à decisão da Copa Luís Fernando Costa. O título foi perdido na derrota por 1 a 0 para o Lajeadense na Boca do Lobo.

Porto diz que irá dar continuidade ao trabalho que vinha sendo feito por Thiago Gomes. “Não é hora de muita mudança. Vou dar seguimento ao

que vinha sendo feito, mas colocando minha observação e o meu jeito de trabalhar”, completa.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções