Diário da Manhã

sábado, 15 de dezembro de 2018

Notícias

PELOTAS : A última imagem é a que importa

06 dezembro
09:20 2018

O atacante Cleverson se prepara o Campeonato Gaúcho, que pode ser o último da sua carreira. O jogador projeta sua “aposentadoria” ao final da temporada, depois de cumprir os dois contratados já firmados para 2019: Pelotas no primeiro semestre e Ypiranga no segundo. “Quero aproveitar ao máximo desse momento, tirar o máximo de cada dia e dar também o meu melhor dentro de campo”, afirma o jogador.

Polêmico por suas decisões – nem sempre bem entendidas (como a rescisão de contrato com o Brasil logo após o jogo de estreia no Gauchão de 2016) -, Cleverson já anunciou o fim da carreira (como pensou da mesma forma antes de ser contratado pelo Pelotas neste ano). Mas abre espaço para uma mudança de planos. “Posso até mudar de ideia caso a gente consiga uma vaga em competição nacional com o próprio Pelotas ou o Ypiranga conquiste uma vaga da Série C para a B”, admite o atacante.

A escolha de jogar no Ypiranga, depois do Gauchão, é por causa do calendário do clube de Erechim, que irá disputar a Divisão de Acesso e a Série C nacional nos meses do meio do ano. Mais ou mesmo o mesmo que Cleverson escolheu no ano passado, quando disputou o Gauchão pelo Ypiranga e, na sequência, veio jogar no Pelotas.

Cleverson pode até mudar de ideia, mas planeja aposentadoria neste ano

Cleverson pode até mudar de ideia, mas planeja aposentadoria neste ano

REVIRAVOLTA – Sincero, Cleverson não esconde a surpresa com mudanças que tem ocorrido no Pelotas. A primeira reviravolta foi a saída do departamento de futebol. Depois ocorreu a chegada de uma nova comissão técnica diferente. “Todo dia está mudando alguma coisa dentro do clube. Até ontem pela manhã, nós estávamos trabalhando com o Roberto (Recart) e a tarde foi apresentado um outro preparador físico. Em algum momento isso deixa a gente um pouco confuso dentro daquilo que a gente vinha acostumado a trabalhar com o Roberto. É um método novo de trabalho. Mas está tranquilo… Não tendo mais novidade”, comenta.

A mudança na preparação física é por conta da chegada de Anderson Sedrez, que trabalhou na base do Grêmio de 2004 a 2012. Também esteve no União Rondonópolis. Roberto Recart permanece na comissão técnica permanente do clube.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções