Diário da Manhã

quinta, 27 de fevereiro de 2020

Notícias

 Mais recentes

Servidores do Sanep decidem fazer greve : Paralisação inicia a partir do dia 19 de maio

Servidores do Sanep decidem fazer greve : Paralisação inicia a partir do dia 19 de maio
12 maio
09:42 2014

Em assembleia, categoria decide paralisar os trabalhos na segunda-feira dia 19 deste mês

Sem contraproposta que contemple as reivindicações da categoria, a decisão tomada na assembleia de ontem à tarde foi pela greve. A data de inicio da paralisação também foi decidida durante o encontro: dia 19 deste mês. O espaço entre a assembleia e a data marcada para que sejam paralisados os trabalhos se deve ao fato de estar marcado para esta segunda-feira, dia 12, um encontro entre as direção do Sanep e do Sindicato dos Servidores Municipais de Saneamento Básico de Pelotas (SIMSAPEL).

“Esta reunião foi pedida pela direção do Sanep após termos marcado a assembleia de hoje (ontem)”, diz a vice-presidente do SIMSAPel, Rosimere dos Santos. Com isso, os trabalhadores foram para a assembleia e tomaram a decisão sobre o que fazer caso não ocorra uma mudança relevante na posição da autarquia sobre as reivindicações dos servidores. Em caso de os dirigentes do Sanep acenarem com o atendimento à pedida, o Sindicato convocará uma outra assembleia para suspender a greve. Do contrário, a greve continua marcada.

“Só nesse caso. Se não tivermos o atendimento de nossas reivindicações iniciais, a greve está mantida”, garante a dirigente sindical.

DIFERENÇA – Desde o inicio das negociações, os servidores estão pedindo 12,7% de reajuste, nos salários e no vale-alimentação. Num primeiro momento, a direção do Sanep acenou com 5,73%; depois, mudou para 6%.  Isso significa apenas o INPC do período. E não foi aceito pelos servidores.

“No ano passado, o prefeito foi à nossa assembleia e pediu um voto de confiança à categoria, prometendo que este ano seria diferente, para melhor. Disse isso olhando nos olhos dos trabalhadores, e agora eles oferecem essa migalha”, acusa Renato Abreu, presidente do Sindicato, garantindo que se mantida a contraproposta da autarquia a decisão dos servidores também será: e a greve começará no dia 19.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções