Diário da Manhã

terça, 15 de junho de 2021

Notícias

 Mais recentes

Abatedouro de aves inicia atividades em Pelotas

Abatedouro de aves inicia atividades em Pelotas
12 maio
09:04 2021

Empresa Knorst é a primeira do ramo no Município e tem capacidade de abater 12 mil aves por dia. Todo o projeto do novo empreendimento foi providenciado pela Prefeitura

A zona rural passa a contar com um novo empreendimento. A partir desta quarta-feira (11), o primeiro abatedouro de aves do Município, Knorst, entra em atividade no 3º distrito, Cerrito Alegre, com sede próxima da Federeca, com capacidade para abater 12 mil unidades/dia. Todo o projeto – plantas, licenças, alvarás e acompanhamento – foi providenciado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

“A abertura desse frigorífico, além do abate de aves de descarte, representa a retomada da produção de frangos de corte – uma atividade importante do agronegócio do município, tanto no aspecto econômico, pois gera riqueza, quanto no social, criando oportunidades de emprego e postos de trabalho. Esperamos ter muitos aviários em produção, em breve, contribuindo com a receita das famílias rurais que estão sendo integradas ao programa”, salienta o secretário da pasta responsável pela ação, Jair Seidel.

Knorst, entra em atividade no 3º distrito, Cerrito Alegre, com sede próxima da Federeca, com capacidade para abater 12 mil unidades/dia.

Início das atividades

Os primeiros passos do novo empreendimento tratarão do abate de seis mil aves de descarte por dia. Trata-se de galinhas de postura, que já completaram os dois anos de ciclo. A partir da organização e integração dos produtores, os abates avançarão.

Simultaneamente ao início das atividades, o empreendimento implementará ações com nove produtores rurais experientes, visando à absorção, para abate, de frangos de corte. O projeto prevê a participação final de 31 criadores de aves.

O secretário Jair Seidel esclarece que, para esse projeto, a empresa Knorst fornecerá os insumos (pintos, gestão de manejo e ração) e garantirá a compra dentro da escala de abates. “O objetivo é estimular a produção. É a integração empresário/produtor, para estruturar o frigorífico para trabalhar com frango de corte”, observa.

A comercialização das aves abatidas no empreendimento do empresário Airton Knorst – também proprietário da granja Avícola Pelotense, com 500 mil aves de postura – será no mercado local. As unidades serão pequenas, com menos de dois quilos. O abatedouro que inicia as atividades já está contemplado pela política municipal de agroindústrias e será inspecionado pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM) – vinculado à Prefeitura.

“Teremos um frigorífico que atenderá a dois setores da avicultura: o abate do descarte de aves de postura, hoje já criadas em Pelotas, e, principalmente, a atuação em um importante programa de fomento e abate de frangos de corte”, avalia o secretário.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções