Diário da Manhã

segunda, 17 de janeiro de 2022

Notícias

Brasil se despede da B com uma das piores campanhas do torneio

Brasil se despede da B com uma das piores campanhas do torneio
30 novembro
08:37 2021

Por: Henrique König

O Xavante entrou em campo pelo duelo de número 228 nesta sequência de seis Séries B consecutivas. No domingo (28), diante do CSA, no estádio Rei Pelé, em Alagoas, o Rubro-Negro acabou derrotado pelo Azulão por um largo placar: 4×0. Matheus Felipe, Marco Túlio, Dellatorre e Iury Castilho fizeram os gols do quinto colocado.

Em um campeonato de 38 jogos para cada equipe, o Brasil havia sido rebaixado com cinco rodadas de antecedência, em um redemoinho de erros que culminaram com a queda precoce e com a última posição confirmada em seguida. Não fosse o bastante, a sequência das seis derrotas finais deixou o Xavante com apenas 23 pontos, segunda pior campanha da história da Série B por pontos corridos – formato adotado em 2006. O Brasil teve 4 vitórias, 11 empates e sonoras 23 derrotas.

Nestes 16 anos de disputa da Série B por pontos corridos, somente o Duque de Caxias fez menos pontos: 17. O Brasil e o Mogi Mirim, que passava do comando do ex-jogador Rivaldo para o empresário Luiz Henrique de Oliveira, em 2015, fizeram apenas 23 pontos. O CRB de 2008 fez 24 pontos. A Portuguesa, outro clube paulista que desabou divisões, fez 25 em sua última passagem pela B, em 2014.

A direção xavante, agora sob o comando do empresário Evânio Tavares, do vice de futebol Arthur Lannes e do financeiro Fernando Caldas, busca a reconstrução do Brasil, para não seguir os exemplos de Mogi Mirim e Portuguesa, que, após essas campanhas calamitosas, acumularam rebaixamentos a nível estadual e nacional.

Visando o Gauchão 2022, o Brasil deve se reapresentar pelo dia 15 de dezembro, com muitas caras novas. Entre os remanescentes, um nome em pauta na segunda-feira foi o zagueiro Leandro Camilo, no clube desde 2015, que deve renovar com o Xavante, segundo as informações apuradas.

Comentários ()

Seções