Diário da Manhã

quarta, 01 de dezembro de 2021

Notícias

Brasil se despede da torcida com derrota

23 novembro
09:00 2021

Vencedor na Baixada, Botafogo é campeão da Série B

Por: Henrique König

Domingo (21) foi de forte calor no estádio Bento Freitas. O Xavante recebeu o Botafogo, em duelo pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Já rebaixado e na lanterna, com 23 pontos, mesmo assim alguns torcedores conferiram a despedida do time na segunda divisão. Após seis temporadas, o Rubro-Negro voltará a jogar a Série C.

Para a outra torcida presente, a rodada foi de festa. O Botafogo é bicampeão da Série B, pois já havia conquistado o título em 2015. O Fogão de Enderson Moreira, dono de incrível recuperação no campeonato, confirmou a vantagem sobre o Coritiba ao vencer o Brasil por 1×0 na Baixada. O gol foi do meia Diego Gonçalves, aos 21’ de jogo. Com o resultado, o Botafogo chegou a 69 pontos contra 64 do Coxa Branca do Paraná. No mesmo horário, o Coritiba sofreu derrota em casa para o CSA. A combinação de placares serviu para o Alvinegro carioca confirmar a taça no estádio Bento Freitas. Na última rodada, receberá as devidas glórias diante de um lotado estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, quando enfrenta o Guarani.

Na Baixada, jogo de muito calor, em temperatura superior aos 33 graus. O Botafogo não fez boa atuação, mas conseguiu o 1×0 que lhe deu o título, em gol marcado por Diego Gonçalves. O Brasil teve várias chances, batalhou e poderia ter empatado. O goleiro Diego Loureiro salvou o Botafogo em momentos decisivos, crucial para a torcida botafoguense, em bom número no Bento Freitas, comemorar o alívio da conquista da Série B, ao apito final do árbitro Alisson Furtado.

No fim das contas, mesmo com a expulsão do volante Barreto, na arrancada do segundo tempo, o Xavante não igualou o placar e conheceu a quinta derrota consecutiva na competição. A última rodada reserva o confronto CSA contra o Xavante, no Rei Pelé, em Maceió. O Sportivo Alagoano, 5º colocado, ainda luta por vaga no G4, para acessar a Série A do Brasileirão.

Lanterna Brasil fez duelo equilibrado com campeão Botafogo, que utilizou uniforme especial pelo Dia da Consciência Negra
Foto: Volmer Perez / GE Brasil

Contra o Botafogo, o Brasil de Jerson Testoni formou com: Matheus Nogueira; Netto, Camilo, Ícaro e Paulinho; Diego Gomes, Bruno Matias, Patrick, Rildo, Caio Rangel e Erison.

HOMENAGENS – o domingo marcou, além da despedida do Bento Freitas nessa sequência de seis Séries B consecutivas, homenagens ao motociclista Tiago Boher, que deixa imensa saudade. Apaixonado pelo Rubro-Negro, ele não resistiu a um forte acidente no Mato Grosso do Sul na última semana e faleceu na última sexta-feira (19). Houve ‘motociata’ pelas ruas de Pelotas, com o rubro-negro em evidência por onde o velório passava.

Como destacaram na locução oficial do estádio Bento Freitas, Tiago levou as cores do Xavante aos 27 estados do Brasil. Faixas também foram estendidas em homenagens ao torcedor de então 31 anos. O minuto de silêncio, além das milhares de vítimas de Covid-19 pelo país, também foi para Tiago. Ficam os sentimentos e o desejo de força a todos que o perderam.

NOVA DIREÇÃO – No Bento Freitas, foi apresentado o triunvirato que compõe a direção do clube até setembro de 2022. Os três conselheiros que comandarão o Xavante são Evânio Tavares, no administrativo, Arthur Lannes, no futebol, e Fernando Caldas, no financeiro.

Lannes é formado em Administração e estava no Conselho Fiscal do Conselho Deliberativo. “Dentro da gestão do Monks já vínhamos pensando nomes para temporada que vem. Já dentro desse contexto, aceitei o convite de tentar a reconstrução do clube. Será difícil, mas estamos otimistas pelo que estamos desenvolvendo”, afirmou no Lance Rápido, da Rádio Universidade.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções