Diário da Manhã

segunda, 08 de março de 2021

Notícias

CORRENDO NA PRÁTICA : Qualidade de vida através de treinos regulares

CORRENDO NA PRÁTICA : Qualidade de vida através de treinos regulares
08 dezembro
09:07 2020

Com 40 integrantes, o grupo “Correndo na Prática”, adaptou-se às recomendações sanitárias para manter o ritmo

Por Carlos Cogoy

O projeto Correndo na Prática surgiu como preparação técnica para candidatos de concursos que, entre as provas, têm testes físicos. A exemplo, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Brigada, Polícia Civil, Guarda Municipal e também para o Colégio Tiradentes. Porém, como explica o idealizador, atleta e 3º sargento da reserva Nelson de Mesquita Filho, muitos “manifestavam o desejo de continuar treinando, porque se identificaram com a maravilhosa rotina de praticar o esporte diariamente”. Assim, foi organizada a iniciativa cuja coordenação geral está a cargo do sargento Borba. Na organização do grupo e coordenação de treinos, o professor Vladmir Araújo da Costa. O grupo já conta com quarenta integrantes, entre doze e sessenta anos. Os treinos aconteciam na pista do estádio Marechal Artur da Costa e Silva, à avenida Duque de Caxias. Como o local está fechado em decorrência da pandemia, os encontros têm sido às 9h, em frente ao estádio. O grupo adaptou-se às orientações, e o trajeto tem sido pelas ruas. Os atletas correm em duplas, mantendo o distanciamento e o uso de máscara. Para participar, acrescenta Nelson, é

necessário atestado médico, autorizando a prática de exercícios. O interessado pode ir direto ao encontro pela manhã à frente do estádio do 9º BIMtz no Fragata.

PARTICIPAÇÃO – O sargento Nelson menciona: “Qualquer pessoa pode começar do ‘zero’, e acredito que também é um desafio muito bom para nós, porque este integrante começa a praticar, sem vícios e erros comuns, na prática da corrida, como movimento de braço, respiração, postura, roupas adequadas, trabalhar com o tempo/distância, o tão famoso ‘pace’ ou ritmo de corrida. Sobre alimentação, apenas trocamos experiências pessoais do que nós consumimos e orientamos aos integrantes, que procurem um(a) nutricionista, para atender suas necessidades e realidades pessoais. Todas as orientações das atividades realizadas no projeto, baseiam-se na minha experiência pessoal como atleta há mais de quarenta anos, complementada e orientada pelo nosso professor de educação física e atleta da equipe Decide, Vladmir Costa. Posso afirmar que o projeto, abraça os mais variados anseios de melhora do condicionamento físico, mas acredito também que a grande vantagem, é conseguir conviver diariamente com pessoas que, de certa forma, querem viver uma vida saudável através da corrida. No projeto contamos com empresários, professores, advogados, militares, comerciários, doutores, cabeleireira, entre outros”. As empresas patrocinadoras, são de integrantes do Correndo na Prática: loja de suplementos Extreme; revenda de veículos Edevaldo; Auto peças Casarin; Academia LiveUp.

PREPARAÇÃO – Nelson, campeão brasileiro master nos oitocentos metros, explica: “Em relação a atletas que buscam melhorar seus tempos, em suas respectivas provas, eles estão, acredito eu, muito bem assessorados pois, além de idealizador, também compartilho todos os segredos para estar bem condicionado, mentalmente e fisicamente. Junto a isso, temos o conhecimento acadêmico do professor Vladmir, e o nosso presidente do projeto’, sargento Borba. Assim, dividimos os trabalhos semanais para melhorar os três fundamentos da prática da corrida, que é de força, velocidade e resistência. É claro que, para cada integrante do grupo, o treino é inteiramente adequado a sua realidade pessoal, tendo em vista que temos participantes das mais variadas idades e com objetivos diferentes”. O custo mensal corresponde aos objetivos do atleta.

BENEFÍCIOS da corrida para Nelson: “Na minha visão, a prática da corrida no cotidiano, é de uma excelente aliada para que o ser humano em geral, regule uma rotina saudável, com boa alimentação, contato negativo com drogas ilícitas, álcool e cigarros, uma noite de sono com qualidade, que é o necessário para recarregar as baterias, a convivência em coletividade, a busca para uma melhor condição física, mas sabendo respeitar os limites do seu corpo”.

Sargento Nelson: uma vida dedicada ao atletismo

Em 2019 na capital gaúcha, participando do Troféu Brasil Master, o pelotense Nelson de Mesquita Filho – “sargento Nelson” -, venceu a prova de oitocentos metros rasos, categoria 50 a 54 anos. Ele comemora o tempo de 2,19 minutos: “O maior orgulho é ser o atual campeão brasileiro”. Como treinador, durante período, cita o professor Valdir Lacerda (IFSul). Mas, além das conquistas pessoais, ele também celebra os feitos dos atletas que treina. É o caso de Maria do Rosário, com mais de sessenta anos de idade. Ela há quinze treina com o “sargento Nelson”, participou de nove corridas da “São Silvestre”, competições internacionais e, nos oitocentos metros, é campeã brasileira, sexta das Américas e 141ª no mundo.

MILITAR – Nelson começou no atletismo aos quinze anos na Escola Estadual de Ensino Fundamental Fernando Treptow. O biotipo favorecia, e ele participava de competições escolares, também em modalidades como futebol e handebol. No Exército, carreira militar entre fevereiro de 1986 e outubro de 2016, encerrando como 3º sargento do quadro especial.

CONQUISTAS como atleta militar: campeão e recordista nas provas de 400 metros, com o tempo de 47 segundos; 800 metros, com o tempo de 1,51 minuto; melhor atleta do 9º BI Mtz, de todos os tempos, chegando a ficar vinte anos sem perder; campeão da 8ª Brigada de Infantaria Motorizada, da 6ª Divisão do

Exército, do Comando Militar do Sul (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná), e do campeonato brasileiro das Forças Armadas.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções