Diário da Manhã

sábado, 08 de maio de 2021

Notícias

COVID-19 : Raspar a barba pode ajudar na higienização

27 março
08:58 2020

Entre os diversos cuidados para evitar a propagação do coronavírus, raspar a barba vem sendo apontada como uma medida a mais e, nas redes sociais, proliferam imagens de ex-barbudos, incluindo famosos. Uma das razões para a medida não ser contra-indicada é a facilidade maior para higiene do rosto. Até o presente momento, não há evidências científicas para corroborar a hipótese de contaminação maior na barba do Covid-19.

O alerta mais importante, segundo a dermatologista e secretária científica da SBD-RS, Fernanda Magagnin Freitag, é para profissionais da área da saúde.

“Profissionais da saúde que necessitem o uso de máscara do tipo N95, devem ficar atentos ao tamanho da barba. Nesses casos, a barba, além dos limites da máscara, atrapalha a vedação, o que diminui a eficácia da proteção” – afirma.

TODAS as medidas de auxílio a prevenção são válidas

TODAS as medidas de auxílio a prevenção são válidas

A SBD-RS reitera a importância da população seguir rigorosamente as instruções de higienização para prevenção do coronavírus.

– Lave as mãos com água e sabonete, sendo que o tempo e o método de lavagem das mãos são muito importantes (seguir os passos recomendados pela Organizacao Mundial de Saude);

– Utilizar álcool gel medicinal e não doméstico ou líquido, pois além de irritar a pele podem ser inflamáveis;

– Prefira o álcool gel sem fragrância ou cor, pois estes podem sensibilizar a pele;

– Existem preparações de álcool gel medicinal 70% com substâncias hidratantes;

– A ordem correta é álcool gel medicinal 70% e hidratante após. A aplicação do hidratante auxilia na manutenção da barreira cutânea integra. O que é fundamental tanto na prevenção da entrada de microorganismos, quanto no desenvolvimento de dermatites ou agravamento de outros problemas de pele.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções