Diário da Manhã

domingo, 01 de agosto de 2021

Notícias

Descontente com a classificação na tabela, Xavante procura alternativas

Descontente com a classificação na tabela, Xavante procura alternativas
16 julho
08:51 2021

Por: Henrique König

Provavelmente a direção do G.E. Brasil não se baseia na música “Carta para Amy” do rapper Black Alien, mas entende que são necessárias mudanças na Série B do Campeonato Brasileiro. Passadas 11 rodadas, o Xavante soma apenas uma vitória no campeonato, com cinco empates e cinco derrotas. O próximo compromisso é sábado (17), às 11h, diante do Vitória, em clima de decisão no estádio Bento Freitas. Também pressionado e dentro do Z4, o adversário baiano está um ponto à frente, ou seja, pode ser ultrapassado. Mas, para isso, o Brasil precisa fazer aquilo que só fez contra o Goiás: vencer o jogo.

Trabalho do executivo de futebol Fernando Leite está questionado no Brasil
Foto: Caio Falcão / CNC

Claudio Tencati segue na pressão por resultados, mas tem o respaldo da direção: ao menos é o que anunciam o presidente Nilton Pinheiro e o vice de futebol, Claudio Montanelli. Se o treinador fica é porque trama mudanças na equipe. O esquema tático com três zagueiros foi a novidade no 0x0 diante do Vila Nova. No resumo, trouxe consistência defensiva, mas o ataque precisa se encontrar. As transições com a bola e as tomadas de decisão dos atletas não têm funcionado. É o 3º pior ataque do torneio.

Se em campo a coisa não agrada ainda, novos jogadores estão por chegar. O meia Renatinho, ex-Botafogo de Ribeirão Preto, foi anunciado oficialmente. O atleta de 29 anos será alternativa para o meio de campo durante a Série B, em busca da melhor criação de jogadas. Além dele, são esperados reforços para lateral esquerda e ataque.

E se as contratações ainda chegam passadas 11 rodadas, é porque o trabalho do departamento de futebol não funcionou. O executivo Fernando Leite pode estar de saída do Brasil. Após muitos jogadores que vieram entre o fim dos estaduais e o início da Série B não darem resposta positiva, se especula o nome do novo executivo rubro-negro. Hélio Vieira, ídolo quando jogou no Xavante e há pouco treinador do São José, pode ser a bola da vez, segundo o repórter Fernando Monassa, da Rádio Pelotense.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções