Diário da Manhã

quarta, 01 de dezembro de 2021

Notícias

 Mais recentes

Pelotas encaminha eleições para novembro

Pelotas encaminha eleições para novembro
27 outubro
08:49 2021

Por: Henrique König

O presidente do Conselho Deliberativo, Moacir Elias, informou que o EC Pelotas começa as tratativas para seu período eleitoral. O mandato do presidente Gilmar Schneider se encerra em dezembro e o processo para reconduzi-lo a mais uma gestão ou substituí-lo deve ser feito em novembro.

Moacir Elias

“Por enquanto são conversas internas do conselho. O processo prevê na metade de novembro a homologação de chapas”, comentou Moacir. “Nada impede uma recondução do presidente Gilmar Schneider. Ele entrou mesmo na presidência no fim de 2019, pois em 2017 havia completado o mandato do Aleixo, quando Gilmar era vice”, explicou.

Moacir Elias elogia medidas tomadas pelo presidente e afirma que somente os resultados de campo acabaram chateando: “Gestão absolutamente responsável e dedicada. Dedicada com o clube, que tem patrimônio e zela por isso. Muito se fala do rebaixamento, mas também foi a gestão que havia subido o Pelotas após cinco anos. Conquistou vaga para Série D, depois não fomos adiante. São circunstâncias do futebol. A definição do Estadual foi no detalhe. Um gol a mais e poderia ter escapado. Gostaríamos de melhores resultados, mas isso não foi possível. Neste semestre, disputar a Copinha no semestre poderia comprometer o orçamento”, lamenta.

Gilmar Schneider

Completando seu oitavo ano à frente do Conselho Deliberativo, Moacir referenciou a catástrofe que foi a pandemia: “comprometeu totalmente recursos para a gestão, com a perda de receita e aumento de despesas, como a função dos testes de saúde. Não tivemos mais vendas, não tivemos mais ingressos, associados param de pagar. Sem público não avançam os patrocínios e a publicidade. Os clubes pelotenses têm as maiores presenças de público do interior do estado”, mostrando como a dupla Bra-Pel sofreu com os portões fechados nos estádios.

“A gente acompanhou futebol pela tela. Eu sou professor universitário. Não aguento mais dar aula para a tela do computador. Isso muda a relação das pessoas com as instituições. Não puderam ir à Boca do Lobo, mas, ainda assim, o custo de manutenção dela é muito alto.”

Por fim, enquanto torcedor, espera melhores rumos em 2022: “Seguimos pagando contas, acertando e preparando o terreno para o futebol no próximo semestre, independente de quem assumir”.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções