Diário da Manhã

segunda, 27 de junho de 2022

Notícias

Prefeita parabeniza Santa Casa pelos 175 anos

Prefeita parabeniza Santa Casa pelos 175 anos
22 junho
10:31 2022

Em cerimônia que comemorou o aniversário da instituição, a prefeita ressaltou o trabalho de quase dois séculos do hospital mais antigo em funcionamento da cidade

A prefeita Paula Mascarenhas prestigiou  segunda-feira, a cerimônia que marcou os 175 anos da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas, no hall de entrada do espaço cultural do hospital. Ao parabenizar a instituição, Paula ressaltou a relevância dos serviços disponibilizados à área da saúde e à população pelotense ao longo de todos esses anos.

Durante o ato festivo, uma significativa doação foi anunciada por representantes do grupo Josapar que destinaram ao hospital um novo tomógrafo para exames de imagem. Placas e certificados de reconhecimento também foram entregues. Um vídeo institucional foi exibido, detalhando a atual estrutura dos serviços disponibilizados à população.

Conforme a chefe do Executivo, a Santa Casa pode ser vista como uma sobrevivente, por ter começado quando ainda poucos recursos eram oferecidos pela ciência. Ela lembrou também que a instituição viveu muitos fatos históricos e enfrentou momentos  difíceis. “Alguns desses momentos vivemos juntos, mais recentemente a pandemia, e, como todos os sobreviventes, temos marcas cicatrizes, mas temos também a força que nasce de uma longa trajetória de desafios e de vitórias. A Santa Casa soube, ao longo deste tempo, aprender, se reinventar, se manter e apontar para o futuro”, destacou a prefeita.

Paula ainda lembrou que a segunda-feira também foi o dia, criado por lei municipal, para homenagear as vítimas da Covid-19, data em que a cidade perdeu a primeira paciente para a doença, em 2020, e enalteceu o trabalho da instituição ao longo da crise sanitária trazendo o questionamento do número de vidas que foram salvas pela união de homens e mulheres e de hospitais como a Santa Casa. “Esse é a maior símbolo que temos aqui neste prédio histórico: ao longo destes 175 anos, quantas vidas a Santa Casa salvou, para quantas pessoas apontou o rumo, o caminho da saúde e da recuperação, cuidando das pessoas? Tenho muito orgulho desta instituição, parabéns e que venham mais 175 anos”, disse a gestora.

Após fazer um resgate histórico da trajetória do hospital desde a fundação, e diversas situações de dificuldades, dentre elas a pandemia, o provedor da Santa Casa, Maurício Goldbaum, detalhou o momento atual da instituição. “Hoje, quase dois séculos, passamos por inúmeras dificuldades e chegamos nestes 175 anos com relevantes serviços prestados à comunidade de Pelotas e à zona sul. Seguimos atuando no mercado hospitalar, alinhando a gestão para entregar serviço de qualidade, modernizamos nosso parque tecnológico, investimos em hotelaria, estrutura, treinamento e capacitação das nossas equipes, dentre várias outras melhorias e ampliações”, apontou o provedor, destacando o apoio dos parceiros e da população. “A Santa Casa luta muito para cuidar da comunidade e a comunidade tem que ajudar a cuidar da Santa Casa”, concluiu.

Dentro da programação de aniversário, foi inaugurada, ontem, a maternidade para convênios e atendimento particulares Dr. Lori Kusser. Ainda haverá um passeio ciclístico, no domingo (26), cuja inscrição será 1kg de alimento não perecível.

Também participaram da solenidade, a secretária municipal de Saúde, Roberta Paganini; o assessor de Projetos Especiais, Luiz Van der Laan, a vereadora Marisa Schwarzer (PSB), o deputado estadual Fernando Marroni (PT), o provedor da Santa Casa de Porto Alegre, Alfredo Guilherme Englert; o superintendente Executivo da Federação das Santas Casas, André Lagemann; além de representantes do corpo clínico, do Conselho Deliberativo, e da Mesa Administrativa da Santa Casa.

O HOSPITAL

A Santa Casa de Misericórdia de Pelotas foi fundada em 20 de junho de 1847 e é a mais antiga instituição assistencial e hospitalar em funcionamento no município. A atual estrutura dispõe de 190 leitos, com 27 de UTI somente para pacientes do SUS, com o objetivo de ampliar para 40, ainda este ano. O hospital é referência para cirurgias de média e alta complexidades para 22 municípios da região. De caráter filantrópico, atende mais de um milhão de pacientes. Desde 2021 também conta com Centro Clínico para consultas e procedimentos ambulatoriais.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções