Diário da Manhã

quinta, 04 de março de 2021

Notícias

UFPEL : Investimentos triplicam, e área acadêmica é a grande beneficiada

UFPEL  : Investimentos triplicam, e área acadêmica é a grande beneficiada
11 dezembro
09:36 2020

Apesar dos grandes transtornos gerados pela pandemia do novo coronavírus, o ano de 2020 será marcado por um substancial investimento realizado nas unidades acadêmicas da Universidade Federal de Pelotas. Os 22 centros, escola, faculdades e institutos receberam, no total, cerca de R$ 3,88 milhões para melhorias nos espaços de ensino, pesquisa e extensão, o que representou um aumento de aproximadamente oito vezes daquilo que recebiam nos últimos anos, após a redução dos orçamentos das universidades federais.

No total, o montante voltado para investimentos na Universidade – conhecido como capital – chegou aos R$ 10,7 milhões. Além do aplicado nas unidades acadêmicas, que corresponde a 36,2% do valor, obras e equipamentos administrativos completam a destinação do dinheiro, sendo que estes receberam cotas de 39,2% e 24,6% respectivamente.

Um dos pontos a ser destacado, segundo o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento, Otávio Peres, é a multiplicidade de fontes dessa verba. A Lei Orçamentária Anual (LOA), fonte oficial, destinou apenas R$ 3,4 milhões; o restante veio de emendas parlamentares (R$ 2,1 milhões), suplementação do Ministério da Educação voltada para áreas específicas, como tecnologia da informação e combate à covid-19 (R$ 2,75 milhões) e economias feitas pela UFPel (R$ 2,5 milhões).

Este último é outro fator de comemoração, de acordo com o pró-reitor, pois as economias realizadas no recurso de custeio puderam ser aplicadas em melhorias na Universidade. E o grande causador de transtornos do ano, o novo coronavírus, paradoxalmente é um dos principais responsáveis por esse ajuste orçamentário. “A situação de excepcionalidade da covid-19, que motivou uma não presencialidade, permitiu uma redução de gastos”, explica Peres.

Gastos administrativos e obras também impactam atividades acadêmicas

Não são apenas os valores descentralizados para as unidades acadêmicas que terão impacto nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Até mesmo o investimento em equipamentos administrativos trará benfeitorias para tais áreas. Um dos exemplos é o novo servidor adquirido pela Pró-Reitoria de Gestão da Informação e Comunicação (Progic): apesar deste gasto estar computado como voltado para a área administrativa da UFPel, sua utilização se dará em diversos âmbitos, beneficiando o setor acadêmico.

Da mesma forma, a maior parte das as obras em execução na Universidade será voltada para utilização acadêmica. São seis frentes de trabalho em ação: as reformas externas e no terceiro andar do Campus Anglo, a Biblioteca do Campus Capão do Leão, o aulário também do CCL, o restauro do Grande Hotel, a requalificação do prédio e dos arredores dos cursos de Dança e Teatro e a retomada da intervenção no Centro Regional de Cuidados Paliativos (Hospice).

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções