Diário da Manhã

quinta, 13 de agosto de 2020

Notícias

 Mais recentes

Polícia Civil localiza laboratório de drogas

19 maio
08:56 2014
) ENTORPECENTE apreendido avaliado em mais de R$ 100 mil Foto de Ellen Dick/Especial-DM

) ENTORPECENTE apreendido avaliado em mais de R$ 100 mil
Foto de Ellen Dick/Especial-DM

Policiais da 2ª Delegacia de Investigações do Narcotráfico (2ªDIN), do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico, localizaram, no final da manhã de sexta-feira, um laboratório e refino de crack e cocaína, no Bairro Partenon. Um jovem de 20 anos foi preso. Ele possui antecedentes por tráfico de drogas e posse.

No local, local os policiais apreenderam 4,6 quilos de cocaína, 1,3 quilos de crack, 37 buchas de cocaína, cinco gramas de maconha e 10,3kg de insumos químicos para aumentar a quantidade de entorpecentes. Além disso, foi apreendido material para embalar drogas, balança digital, CPU, e várias embalagens vazias, utilizadas em tijolos de maconha.

Segundo o delegado Adriano Nonnenmacher, o crack estava escondido dentro da CPU. Ele disse que o total de entorpecentes apreendido está estimado em 100 mil reais. Já o diretor da Dinarc, delegado Cléber  dos Santos Lima, disse que as investigações iniciaram a partir de prisão realizada em Guaíba, no início deste mês. Os delegados revelaram que  a droga seria distribuída na Capital e Região Metropolitana.

O jovem foi autuado por tráfico de drogas e encaminhado ao Presídio Central. O Denarc recebe denúncias através do número 0800 518 518 ou pelo endereço eletrônico [email protected]

Violência impera na cidade com elevada incidência de assaltos

Um açougueiro foi baleado em tentativa de assalto ocorrida às 18h, desta sexta-feira no Bairro Fragata. A vítima abria o portão da casa quando um homem armado se aproximou e ordenou que entregasse a moto. O assaltante efetuou o disparo que atingiu a vítima na perna direita, porque esta não havia deixado a chave da moto na ignição. Foi roubada a Honda FAN de cor preta.

A violência que impera na cidade com o elevado número de assaltos foi maior no mês de abril, quando ocorreram 52 roubos a estabelecimentos comerciais, dentre eles contra uma padaria e um restaurante no Centro.

No Bairro Navegantes um minimercado foi assaltado quatro vezes no mesmo mês, levando o comerciante a trabalhar atrás das grades.

O delegado Guilherme Calderipe, titular da Defrec (Delegacia de Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas) trabalha intensamente junto com sua equipe para diminuir a incidência, mas segundo ele, foram 145 assaltos nos primeiros quatro meses do ano. No ano passado os roubos chegaram a 605 casos.

Na mesma tarde de sexta, uma padaria e uma farmácia foram assaltadas, no Bairro Fragata. Na farmácia os dois homens armados ordenaram que a atendente não reagisse e roubaram R$ 382,00. A dupla fugiu em uma moto.

O assalto à padaria foi praticado por um trio. Dois homens entraram no estabelecimento e roubaram R$ 100,00. Um terceiro ficou na porta dando cobertura. Os assaltantes fugiram a pé.

Uma mulher de 38 anos foi assaltada no início da manhã de ontem quando se deslocava de casa para o trabalho. O roubo ocorreu no Núcleo Habitacional Getúlio Vargas.

PLANTÃO DE POLÍCIA

◘ Baleados

Quatro pessoas foram vítimas de tentativas de homicídio ocorridas na noite de quinta-feira e na madrugada de ontem. No loteamento Vasco Pires, no Bairro Areal, ocorreu o primeiro dos atentados. As vítimas são dois irmãos de 20 e 18 anos. Um jovem de 21 anos que estava próximo foi baleado na cabeça. Os três foram socorridos e encaminhados para atendimento no hospital, sendo que um deles já foi liberado. O crime está sendo investigado pela Equipe de Homicídios, que ainda não têm suspeitos.

No início da madrugada um homem de 38 anos, foi baleado quando estava nos apartamentos do Pestano, na Zona Norte. Ele foi socorrido por populares e levado para o Pronto-Socorro de Pelotas (PSP) onde permaneceu internado. A tentativa de homicídio também será investigada pela Polícia.

Arrombamentos

Na Avenida Zeferino Costa foi arrombada uma residência de onde foi furtado um televisor e uma égua que estava nos fundos da casa. A Polícia ainda não têm suspeitos do furto. A vítima registrou a ocorrência na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, salientando que percebeu o furto ao retornar do trabalho.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções