Diário da Manhã

domingo, 14 de agosto de 2022

Notícias

 Mais recentes

Cadastro para castrações será feito na Ouvidoria Municipal

Cadastro para castrações será feito na Ouvidoria Municipal
25 julho
09:14 2022

Tutores de cães e gatos, em situação de vulnerabilidade, registrados no Cadastro Único, podem procurar o setor na Prefeitura a partir desta segunda-feira (25), para se habilitar e, posteriormente, ter a castração dos seus animais agendada

Começa, nesta segunda-feira (25), o cadastro de tutores de cães e gatos – que vivem em vulnerabilidade social, e que possuem registro no Cadastro Único, inscritos em programas de transferência de renda, para se habilitarem ao programa de controle populacional para animais. O processo será feito na Ouvidoria da Prefeitura, localizada no Paço Municipal, na praça Coronel Pedro Osório, 101, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30min. Após cadastrados, a ONG SOS Animais, que executará as castrações, entrará em contato com os tutores, por telefone, para o agendamento das cirurgias. Os procedimentos devem se iniciar no dia 1º de agosto para esse público.

No início deste mês, o Município assinou termo de colaboração com a ONG SOS Animais, retomando o serviço de castrações em Pelotas, criado em 2014. A partir do acordo, serão realizadas 350 esterilizações mensais durante o período de nove meses. Concluído esse prazo, serão oferecidos 300 procedimentos mensais, durante três meses, totalizando 4,05 mil castrações no final do contrato, ao custo de R$ 130,00 reais cada, com investimento de R$ 526,5 mil em 12 meses.

Como será o cadastro

Podem se cadastrar para usufruir do serviço os tutores de animais que se enquadram nas seguintes situações:

– baixa renda, famílias com até 1/2 salário mínimo per capita;

– situação de pobreza (renda per capita de R$ 105,01 até R$ 210,00) e pobreza extrema (renda per capita de até R$ 105,00).

Em todos os casos, o tutor precisa estar registrado no Cadastro Único (CAD Único).

No momento do cadastro, será preciso apresentar um documento de identidade com foto e cópia da Folha resumo, que poderá ser emitida em um serviço da Secretaria de Assistência Social – no Cadastro Único ou nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) -, pelo site (https://cadunico.dataprev.gov.br/#/home) ou, em último caso, diretamente na Ouvidoria. Esse documento apresenta o detalhamento da renda do usuário do CAD Único, sendo obrigatório para confirmar as informações prestadas.

A Secretaria de Qualidade Ambiental (SQA) alerta que não serão realizados cadastros por contato telefônico ou e-mail. O tutor deverá comparecer presencialmente na Ouvidoria Municipal, munido dos documentos indicados.

Agendamentos para castração

Semanalmente, a Ouvidoria irá enviar à SOS Animais uma listagem com os tutores habilitados a levarem seus animais para realizar o procedimento. A partir dessa relação, a instituição entrará em contato por telefone com essas pessoas, para realizar o agendamento. Importante fornecer um número de telefone válido, para facilitar a marcação.

A SQA esclarece que os agendamentos seguirão ordem de preferência, que são o número de fêmeas e, em seguida, de animais que o tutor possui – com limite de até cinco animais por CPF registrado. A pasta também acompanhará a chamada dos responsáveis pelos cães e gatos, a partir das informações prestadas no sistema desenvolvido pela Companhia de Informática de Pelotas (Coinpel) para gerenciar os trabalhos.

Perguntas e respostas sobre o início das castrações

*Agendamentos a partir do dia 25/7, das 8h às 17h30min, de segunda a sexta-feira, na Ouvidoria do Município – praça Coronel Pedro Osório, 101

– Quem poderá participar?

*Pessoas em vulnerabilidade que recebem até meio salário mínimo per capita e que estejam inscritas em programas de transferência de renda

*Pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza registradas no Cadastro Único

– Quais são os documentos solicitados na hora do cadastro?

*Folha resumo atualizada – emitida nos serviços de Assistência Social (no Cadastro Único e Cras), no site https://cadunico.dataprev.gov.br/#/home ou pela Ouvidoria (no momento do cadastro); e

*Documento de identidade com foto.

– Quais animais podem ser castrados?

Cães e gatos

– Quantas castrações mensais?

O Município oferecerá 350 castrações mensais durante o período de nove meses. Concluído esse prazo, serão oferecidos 300 procedimentos mensais por três meses, totalizando 4,05 mil castrações realizadas até março de 2023.

– Quanto será investido no programa municipal de castrações?

O investimento será de R$ 45,5 mil por mês, R$ 526,5 mil no ano. Os valores são provenientes dos cofres do Município, do programa estadual “Melhores Amigos – Bicho sente como gente” e de emenda da vereadora Marisa Schwarzer (PSB).

– Qual será a prioridade?

A prioridade para o agendamento das castrações será para os tutores e responsáveis por fêmeas.

– Como será feito o agendamento das castrações?

Após realizar o cadastro, uma listagem será encaminhada pela Prefeitura para a SOS Animais, que será responsável por entrar em contato, por telefone, com os tutores para agendar a castração.

– Posso reagendar se não puder comparecer na data?

Sim. No momento do agendamento, caso o tutor não possa na data oferecida, é possível agendar outra.

– Será possível fazer o cadastro por e-mail, redes sociais ou por telefone?

Não. Os cadastros só serão validados de forma presencial.

– Quem fará o transporte do animal até o local onde as castrações serão feitas?

O próprio tutor. A ONG SOS Animais e a Prefeitura não serão responsáveis pelo transporte.

– Onde serão feitas as castrações?

A equipe que fará o serviço é da ONG SOS Animais, em estrutura própria, depois do agendamento por telefone com os tutores dos animais cadastrados pelo Município.

– Quem fica responsável pelo pós-operatório dos animais?

A ONG SOS Animais realizará apenas o procedimento de esterilização do animal. A responsabilidade pelos cuidados pós-operatórios será do tutor, seguindo as recomendações indicadas na receita que será entregue pelos médicos veterinários do serviço.

– Quando as castrações começam a ser realizadas?

A ONG SOS Animais iniciará os atendimentos no dia 1º de agosto, conforme o agendamento.

– Esse programa municipal para castrações é novo?

Não, o programa municipal destinado ao controle populacional de animais foi criado em 2014. Até 2020, quando concluído o último contrato estabelecido para realizar as castrações em Pelotas, mais de 21 mil animais foram esterilizados.

– Porque as castrações pararam de ser feitas em Pelotas?

A mais recente iniciativa do Poder Público para a castração de animais de rua foi a compra direta de 130 procedimentos, concluídos em outubro de 2021. Após, foram abertos novos editais para contratação de profissionais, clínicas veterinárias e ONGs que realizassem o serviço de castração. Porém, não houve interessados. Por isso, o Município estava com o serviço suspenso.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções