Diário da Manhã

segunda, 17 de janeiro de 2022

Notícias

 Mais recentes

Muitos empates na preparação para o Gauchão

Muitos empates na preparação para o Gauchão
12 janeiro
08:35 2022

Técnico do Xavante, Jerson Testoni certeiramente destacou após o empate com o Guarany de Bagé: neste momento o foco dos jogos-treino e amistosos é dar rodagem, preparar e condicionar as equipes. Os resultados importam menos. Porém, chama a atenção o equilíbrio nas primeiras movimentações dos times, o que leva a um pensamento constante sobre o futebol gaúcho: é de jogos parelhos e definidos nos detalhes.

Na última semana, alguns resultados proveram igualdades entre as equipes em preparação. O Caxias de Rogério Zimmermann ficou no empate com o Novo Hamburgo, em duelo no estádio Centenário, em Caxias do Sul. O São Luiz de Ijuí empatou com o Concórdia, de Santa Catarina. O mesmo Concórdia será o próximo teste do Ypiranga de Erechim. Antes disso, o Canarinho empatou com Azuris, do Paraná. Sinal de alerta surgiu para o Aimoré. Contra o habitual Sindicato dos Atletas do RS, o Índio Capilé apenas empatou pelo placar de 1×1, marcando o gol do empate no final do teste.

Enquanto o interior está a todo vapor na preparação, a dupla Gre-Nal retorna aos poucos. O Grêmio recém fez a reapresentação, ainda em ritmo lento, desanimado após a queda da Série A. 18 jogadores se reapresentaram e alguns estão fora pela Covid-19: Douglas Costa, Campaz, Rodrigues e Michel. Apesar da baixo autoestima no grupo, o Grêmio defende as conquistas recentes do Gauchão. É o campeão estadual desde 2018.

No Internacional a reapresentação ocorreu no estádio Beira-Rio. A tarefa dos colorados, agora comandados pelo técnico uruguaio ‘Cacique’ Medina, é retomar a hegemonia no RS. Maior campeão gaúcho, o último título do Colorado ocorreu em 2016. Caso não vença nesta temporada, o Inter iguala seu segundo maior jejum de estaduais na história (1984-1991). O maior foi entre 1961 e 1969.

Campeão em 1998, quando também estava em trajetória de Série A do Brasileiro, o Juventude enxerga possibilidade de repetir o feito. O tempo de preparação é que acaba curto. O time de Jair Ventura recém reapresentou, mas deve crescer na competição, com a superioridade financeira em relação

aos rivais de interior. Entre os destaques, um ataque com os meias Jadson, Elton e Chico, e os atacantes Sorriso, Ricardo Bueno e Capixaba.

Comentários ()

Seções