Diário da Manhã

terça, 25 de fevereiro de 2020

Notícias

 Mais recentes

PARA FICAR NA HISTÓRIA : Pelotas é bi-campeão da Recopa

PARA FICAR NA HISTÓRIA : Pelotas é bi-campeão da Recopa
20 janeiro
08:19 2020

Que venha o Gauchão, então. O Pelotas vai estrear na principal competição gaúcha na quarta-feira, em casa, diante do Novo Hamburgo. E cheio de moral pela conquista do bicampeonato da Recopa Gaúcha, após disputa com o time de transição (Sub-23) do Grêmio, na tarde deste domingo, na Boca do Lobo.

Depois do empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, o Lobo acertou cinco cobranças e levou o bicampeonato da competição que reúne o Campeão Gaúcho e da Copa FGF de 2019. O zagueiro tricolor Rodrigues perdeu a penalidade máxima.

Na próxima quarta-feira, às 20h, na Arena, o Grêmio estreia no Campeonato Gaúcho contra o Caxias. No mesmo dia e horário, no estádio Boca do Lobo, o Pelotas recebe o Novo Hamburgo.

ÁUREO-CERÚLEOS faturaram o primeiro título em disputa na temporada FOTO: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / DM

ÁUREO-CERÚLEOS faturaram o primeiro título em disputa na temporada
FOTO: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / DM

TEMPO INICIAL – Tentando tirar vantagem sobre os jovens do Tricolor, o Pelotas iniciou a partida pressionando o Grêmio. E aos sete minutos, o time do técnico Picoli criou a primeira boa oportunidade. Darlan perdeu a bola para Hugo Sanchez próximo a área, que cruzou para o meio da área para Hugo Almeida. O jogador do Pelotas girou para bater, mas Rodrigues afastou o perigo na marca do pênalti.

Após este lance, o Grêmio cresceu e quase abriu o placar com Isaque. Aos 12, o atacante recebeu passe próximo a grande área, invadiu a cidadela do Pelotas, driblou dois e bateu. Porém, a bola passou sobre o travessão do time pelotense. Entretanto, quatro minutos depois, o Pelotas abriu o placar. Após escanteio do lado direito de ataque, Mateus Santana apareceu sozinho próximo a marca do pênalti, cabeceou para baixo, a bola quicou na pequena área e abriu o placar: 1 a 0.

O Grêmio seguiu insistindo nas jogadas pelas laterais e em velocidade para tentar furar o bloqueio do Pelotas, mas sem muita objetividade. Nos minutos finais, o jovem time tricolor pressionou os donos da casa, mas sem criar chances.

TEMPO FINAL – Na frente no placar, o Pelotas se postou dentro de seu campo para tentar ampliar nos contra-ataques. Já o Grêmio seguiu buscando a velocidade, os lançamentos defesa para o ataque e usando as laterais para tentar buscar o empate, mas as defesas passaram a ter superioridade sobre os ataques.

O Tricolor empatou aos 38 min. Felipe foi à linha de fundo, pela direita de ataque, e cruzou no segundo poste. Ferreira cabeceou para o chão, a bola quicou e tirou o goleiro Douglas Silva. Pelotas 1 a 1 Grêmio.

FICHA TÉCNICA

PEOTAS 1 (5) x 1 (4) GRÊMIO

Pelotas: Douglas Silva; Osvaldir, Felipe Chaves, Negretti e Juliano Tatto; Felipe Guedes, Mateus Santana, Jean Roberto (Gabriel), Juliano, Hugo Almeida (Tadeu) e Hugo Sanches (Jô). Técnico: Antônio Picoli.

Grêmio: Brenno; Felipe, Ruan, Rodrigues e Guilherme Guedes; Varela (Da Silva), Darlan, Jhonata Robert (Frizzo) e Patrick (Guilherme Azevedo); Ferreira e Isaque. Técnico: Thiago Gomes.

Árbitro: Daniel Nobre Bins.

Auxiliares: Mauricio Coelho Silva Penna e André da Silva Bittencourt.
Local: Estádio Boca do Lobo, em Pelotas.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções