Diário da Manhã

quinta, 28 de outubro de 2021

Notícias

 Mais recentes

Aos sábados, Sítio das Ervas está na Feira Ecológica à avenida Dom Joaquim

Aos sábados, Sítio das Ervas está na Feira Ecológica à avenida Dom Joaquim
29 setembro
09:28 2021

Por Carlos Cogoy

Letícia Schiavon divulga o plantio na propriedade familiar

A ideia surgiu em 2017. Na localidade da Glória, 1º distrito de Canguçu, o objetivo seria uma renda extra na propriedade da família. No ano seguinte, o pai autorizou, e a técnica em agricultura Letícia Schiavon, começou o plantio de horta medicinal. Nos canteiros, ela semeou chás, flores e ervas. A produção passou a ser comercializada e o local, já identificado como Sítio das Ervas, também foi recebendo visitantes e eventos. Com a pandemia, foram interrompidas as visitas. Mas, desde meados de 2020, os produtos podem ser encontrados na Feira Ecológica da ARPA-Sul, que acontece aos sábados, das 7h às 12h30min, à avenida Dom Joaquim

CHÁ EM CALDA é um dos atrativos comercializados na Feira aos sábados. Letícia informa que o preparo é simples, e o resultado saboroso. A porção de duzentas gramas está sendo vendida a R$10,00. Também há outras opções como: 250 gramas a R$12,50; trezentos gramas a R$15,00; 350 gramas a R$17,50.

FEIRA também conta com os aromáticos travesseiros de ervas, que são vendidos a R$15,00. Letícia acrescenta: ervas desidratadas a R$5,00; cristais de gengibre a R$5,00; tinturas de ervas a R$15,00; flores de calendulas a R$3,00. “É difícil falar de uma ou outra, pois a gama de ervas é maravilhosa. Recentemente tivemos a florada das laranjeiras, cujas flores são comestíveis, e o chá é muito saboroso, com excelentes propriedades calmantes. Outra erva muito procurada na feira é a macela. Além de digestiva, o aroma ajuda numa ótima noite de sono. As ervas são comercializadas in natura ou secas, como tinturas, sais de banho, travesseiros de ervas. A novidade é o chá em calda”, explica Letícia.

SÍTIO – Visitação ao Sítio está sendo programada para recomeçar em 2022. O espaço está sendo reorganizado. Conforme Letícia, apesar do pouco tempo em atividade, o Sítio das Ervas recebeu visitantes da região, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Uruguai. “A propriedade possuía pomares de pêssego, em produção, e de laranja, já desativados. Então, era uma propriedade agrícola comum. Como Sítio das Ervas, o objetivo desde o início foi propor um atrativo turístico. Já o nome Sítio das Ervas, está ligado às ervas como carro chefe da propriedade. Uma identificação do plantio e venda das ervas medicinais. Mas, também comercializamos frutas, bem como derivados tanto das ervas quanto das frutíferas”, explica.

TRILHA na mata nativa está entre as opções no local, e as visitas serão mediante agendamento, o que pode incluir refeições. Contatos via Sítio das Ervas no Facebook, ou Instagram: @sitiodaservas. Já no aplicativo WhatsApp: (53) 9 9193.3798.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções