Diário da Manhã

terça, 30 de novembro de 2021

Notícias

 Mais recentes

8ª Quinzena do Pêssego inicia dia 26

8ª Quinzena do Pêssego inicia dia 26
23 novembro
09:13 2021

De 26 de novembro a 11 de dezembro, os consumidores poderão adquirir pêssego diretamente dos produtores, em diversos pontos de comercialização instalados no Centro e em bairros da cidade. A 8ª Quinzena do Pêssego, com a Feira Municipal do Pêssego, transcorrerá sob responsabilidade da Prefeitura, com organização da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e Emater, participação da Embrapa, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Associação dos Produtores de Pêssego da Região de Pelotas, Sindicato das Indústrias de Doces e Conservas de Pelotas, Cooperativa dos Apicultores e Fruticultores da Zona Sul, e apoio do Sicredi.

FEIRA Municipal se estenderá até 11 de dezembro

Para o dia 26, às 10h, no Largo do Mercado Central, está agendada a cerimônia de abertura da Quinzena, com a presença de autoridades convidadas, de representantes de instituições e entidades que têm vínculo com o setor, poderes Executivo e Legislativo, imprensa e produtores. Dez bancas estarão montadas no espaço ao ar livre, para promover a tradição de Pelotas como maior produtora do país de pêssego para compota.

“O pêssego é a cultura mais importante do município em termos de geração de renda e de postos de trabalho, com destaque em nível nacional. Para a agricultura familiar, a produção é, sem dúvida, a mais relevante do agronegócio local, responsável pela maior parte PIB do setor agrícola, movimentando em torno de R$ 200 milhões em receita geral”, pontua o secretário de Desenvolvimento Rural, Jair Seidel.

EXPECTATIVAS DA SAFRA

Para este ano, segundo a SDR, a safra deverá se equivaler à de 2020, com a produção, na zona rural de Pelotas, de 30 mil toneladas (30 milhões de quilos) e, junto com a região, de 45 mil toneladas. A colheita local proporciona a industrialização de 30 milhões de latas de compota.

A colônia de Pelotas conta com 605 famílias produtoras de pêssego em 3 mil hectares plantados. A Prefeitura fomenta a tradicional cultura, com a parceria da Emater, levando tecnologia ao campo, e da Embrapa, gerando pesquisa.

No município, é adotado sistema de controle de pragas, visando à redução do uso de agrotóxicos. A Prefeitura ainda mantém a infraestrutura para o transporte da produção – no momento, todo o maquinário da Secretaria está concentrado nas áreas produtoras de pêssego, desenvolvendo atividades de manutenção das estradas.

A Feira Municipal do Pêssego, com a fruta in natura e derivados da produção artesanal da colônia, como cucas, suco, geleia, pessegada e outros, terá bancas no Centro, no Largo do Mercado Central, e nos bairros Laranjal, Porto, Fragata, Três Vendas e Areal.

Nos próximos dias, as instituições que estão juntas na organização da Feira vão se reunir para definir as datas da instalação das bancas, entre o dia 26 deste mês e 11 de dezembro, nos pontos dos bairros.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções